Torcedor do West Ham é banido por cometer ato racista com Salah do Liverpool

Um torcedor do West Ham foi banido dos estádios de futebol por três anos após se confessar culpado de abusar racialmente do atacante do Liverpool, Mohamed Salah.

Bradley Thumwood, de Bexleyheath, compareceu a delegacia nesta última terça-feira, onde se confessou culpado de uma ofensa com agravamento racial ao jogador do Liverpool, disse a Polícia Metropolitana, segundo a Sky Sports.

Ele recebeu uma ordem de proibição de três anos sem poder assistir uma partida de futebol nos estádios, ele também recebeu uma multa de 400 libras e também foi condenado a pagar uma sobretaxa de vítima no valor de 125 libras.

Thumwood foi intimado em julho após ser identificado por oficiais durante a derrota do West Ham por 2 a 0 para o Liverpool no dia 29 de janeiro.

LEIA TAMBÉM:

Ex-Liverpool, Clyne assina com o Crystal Palace

Premier League e FA recusam o projeto “Big Picture”

Barcelona e Real Madrid devem lutar para contratar estrela do Wolverhampton

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui